Desde 1984
Brasil e o Mundo
07 de Abril de 2020
Governo anuncia calendário de pagamento dos R$ 600 saiba como receber
DO JORNAL O TEMPO



Os valores estarão disponíveis até quinta-feira (9) para quem tem conta corrente no Banco do Brasil ou conta poupança na Caixa

Os trabalhadores informais, contribuintes autônomos e MEIs, que fizerem a autodeclaração para receber o auxílio emergencial de R$ 600 devem receber a primeira parcela até 14 de abril. A segunda parcela também será paga ainda este mês, de 27 a 30 de abril, conforme a data do aniversário do beneficiário. <a href='https://www.otempo.com.br/economia/coronavoucher-pagamento-da-primeira-parcela-sera-feito-ate-14-de-abril-1.2321818' target='_blank' style='color: rgb(0, 84, 41);'>Veja aqui o calendário completo. </a>

Os valores, segundo informou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, estarão disponíveis até quinta-feira (9) para quem tem conta-corrente no Banco do Brasil ou conta poupança na Caixa. Quem fizer o cadastro ainda nesta terça também poderá receber até quinta-feira, após o cruzamento das informações feito pelo Dataprev, sistema do governo, para checar se o beneficiário tem direito ao auxílio.

O restante deve receber até o dia 14. Correntistas de outros bancos, com cadastro já analisado, também vão receber depósito em conta até essa data. 'Os depósitos serão feitos gratuitamente pela Caixa', disse Guimarães.

Os valores, porém, disponíveis já a partir dessa quinta-feira para parte dos beneficiários, não poderão ser sacados. A excessão são os beneficiários do Bolsa Família. Um novo calendário para quem quiser fazer saques deverá ser lançado na próxima segunda-feira (13). Isso porque segundo Pedro Guimarães, seria 'praticamente impossível que 50 milhões de brasileiros saquem os valores ao mesmo tempo'.

Quem não tem conta em banco?

A Caixa vai disponibillizar conta digital, sem custos para transações de pagamentos e DOCs, aos beneficiários que quiserem. A estimativa é que 35 milhões dos 45 milhões desbancarizados queiram fazer essa conta.

Como fazer a autodeclaração?

Para ter acesso ao benefício é preciso fazer o cadastro no site <a href='https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio' target='_blank' style='color: rgb(0, 84, 41);'>Auxílio Emergencial, clique aqui,</a> pelo aplicativo, <a href='http://https/play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio' target='_blank' style='color: rgb(0, 84, 41);'>Android</a> ou <a href='http://https/apps.apple.com/br/app/caixa-aux%C3%ADlio-emergencial/id1506494331' target='_blank' style='color: rgb(0, 84, 41);'>iOS</a> ou ligar no 111. Aqueles que já recebem o Bolsa Família, cerca de 43,4 milhões, ou que estão inscritos no Cadastro Único, cerca de 75 milhões, não precisam se inscrever pelo aplicativo. <a href='http://aplicacoes.mds.gov.br/sagi/consulta_cidadao/' target='_blank' style='color: rgb(0, 84, 41);'>Clique aqui para saber se você está inscrito no Cadastro Único. </a>

Os beneficiários do Bolsa Família receberão os recursos no calendário já previsto do programa, sem alterações. 'Não vamos alterar o recebimento, os beneficiários já estão acostumados com seus recebimentos', explicou o presidente da Caixa.

Quem tiver aparelho smartphone, mas estiver sem crédito, a Caixa informou que será gratuito baixar o aplicativo, tal como realizar o cadastro por ele. Quem não tem condições de acesso a telefone ou a um computador para fazer o cadastro, pode ir a uma agência Caixa. Mas o presidente do banco pede, que essa seja 'a última alternativa'.

Posso receber depois das datas?<h2>Sim, segundo o governo, o benefício será pago até o fim do calendário, marcado para o dia 29 de maio, num intervalo maior que 50 dias. Quem não conseguiu receber a primeira parcela, pode exemplo, pode receber duas juntas no próximo pagamento e assim até o terceiro. </h2>