Desde 1984
Geral
15 de Outubro de 2021
Enscon cumpre exigências para subsídio, diz comissão

Já começaram as atividades da comissão de fiscalização ao subsídio pago pela Prefeitura de João Monlevade para a Enscon. O grupo reuniu-se nesta quarta-feira (13) para verificar o cumprimento das contrapartidas estabelecidas no projeto de lei que concede o auxílio financeiro para a concessionária do transporte público, durante seis meses.
Os vereadores Bruno “Cabeção” (Avante) e Fernando Linhares (DEM), que participam do grupo, manifestaram que as compensações estão sendo executadas conforme o determinado pela lei. Entre elas, está a redução em R$0,10 nos valores das passagens, a manutenção e a ampliação das linhas sociais, a manutenção dos empregos na empresa, o envio de informações sobre o número de passageiros e itinerários, a retirada das catracas duplas. Segundo os vereadores, 53 veículos já retiraram as catracas duplas e agora só faltam dois. A retirada está dentro do prazo estipulado de 45 dias. Segundo Linhares, o aumento no fluxo de passageiros já diminuiu a projeção do valor real da passagem, de R$6,78 para R$6,07. 

Visitas e acessibilidade

Ainda no encontro, ficou decidido que a Comissão irá realizar fiscalizações “in loco”, em visitas 'surpresa' à sede da empresa, com o intuito de verificar algumas questões pessoalmente, como a limpeza e higienização dos veículos, cumprimento de itinerários e horários e outras. A questão da acessibilidade para portadores de necessidades especiais também foi amplamente discutida na reunião.
Segundo o procurador jurídico do município, Hugo Lázaro Martins, que também é integrante da Comissão, o objetivo principal da formação do grupo é realizar uma séria e minuciosa fiscalização, em busca de melhorias no transporte público para a população e do bem coletivo. “O nosso objetivo é pautar nossa atuação em prol da população. O bem comum prevalece. Vamos acompanhar e analisar todos os dados fornecidos com precisão”, afirmou.
Além dos parlamentares e do procurador jurídico, integram a comissão o responsável pelo transporte coletivo no Setor de Trânsito e Transportes (Settran), José Eustáquio Campos; o presidente da Acinpode, Elias Gonçalves, e José Filgueiras Gonçalves Filho, representando a comunidade.