Desde 1984
Geral
12 de Abril de 2021
Onda roxa continua em Minas e Monlevade espera novo decreto

A onda roxa do programa Minas Consciente está mantida em Minas Gerais até, pelo menos, o próximo domingo (18). A faixa é a mais rígida nas restrições à atividade econômica e à vida social, e apenas não será aplica nas macrorregiões Triângulo do Norte e Triângulo do Sul, além de quatro microrregiões, que não incluem municípios do Médio Piracicaba. 

Segundo o governo estadual, a preocupação é de que faltem sedativos para pacientes internados com o coronavírus nos leitos de terapia intensiva. 
No entanto, algumas mudanças foram efetuadas para os municípios que adotam integralmente o protocolo da onda roxa. O toque de recolher noturno foi abolido. Os estabelecimentos comerciais podem permitir a retirada no balcão até às 20 horas, enquanto as entregas podem ser realizadas após esse horário. 

No entanto, apesar de estar sob a onda roxa, João Monlevade usa um decreto próprio, mais rígido, que não permite retirada nos estabelecimentos.  O atual decreto municipal, baixado na última terça-feira (6), com validade até hoje (12), deve ser prorrogado, mas com algumas mudanças ainda nao divulgadas. A expectativa é que seja publicado ainda hoje.

Vacinas

O governo estadual também deve alterar a política de distribuição das vacinas contra a Covid-19. Municípios que aplicam as doses imediatamente após a remessa receberão mais frascos, em detrimento daqueles que promovem estoques dos imunizantes. Monlevade vacina pessoas com idades acima de 79 anos.