Desde 1984
Região
09 de Abril de 2021
Região tem 33 mil casos e 45 mil vacinados contra o coronavírus

João Monlevade vacinou mais pessoas

Mais de 45 mil moradores do Médio Piracicaba já receberam ao menos a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Segundo um levantamento feito pelo A Notícia, através de dados publicados até esta quinta-feira (8) pelas Prefeituras ou pelo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde, 45.078 pessoas  tiveram aplicadas a primeira ou a segunda dose do imunizante, o que corresponde a 11,42% dos habitantes dos 17 municípios.

 Esse número é maior que a população da terceira maior cidade da região, Barão de Cocais, que tem 32.866 moradores e supera também o número de ocorrências do coronavírus em todos os municípios, que é de 33.048 contaminações.

No Médio Piracicaba, 11.927 pessoas já receberam as duas doses da vacina, o que corresponde a 3,02% da população. Os índices mais altos de vacinados, provêm de Sem-Peixe, cidade com menor número de habitantes, que teve 25,09% de seus residentes recebendo a primeira aplicação e 8,40% a segunda. 

Já em números absolutos, João Monlevade ministrou a primeira dose a mais pessoas: 11.183, enquanto que Itabira imunizou 2.794 cidadãos com a segunda aplicação. Por outro lado, os menores números provêm de Barão de Cocais, que vacinou 7,41% de sua população em primeira dose, e Rio Piracicaba, que imunizou apenas 1,86% de sua população. 

Casos e mortes 

O Médio Piracicaba já registrou 33.048 infecções pela Covid-19, número superior à população de 15 dos 17 municípios da região. O número de mortos nas 17 cidades chega a 624. Em geral, esse  número  acompanha a população, com Itabira e João Monlevade tendo perdido mais cidadãos. 

Cura

O município com a melhor taxa de cura da região é São Domingos do Prata, com 94,19%, enquanto que a mais baixa está em Santa Bárbara, com 78,20% de recuperação. O único município a não informar este percentual foi São José do Goiabal.