Você está em Opinião / PONTO E VÍRGULA /
Ponto e Vírgula
6 de outubro de 2017
Covarde
ERIVELTON BRAZ

Para Sinval Dias, aquele abraço
Covarde é quem usurpa o povo, aquele que ganha voto para representar a população que o elegeu, mas que só defende os interesses políticos de seu grupo. Covarde é quem perde a lucidez diante de críticas porque não está preparado para a democracia, apesar de ter sido eleito por ela.
Covarde é aquele que ofende jornalista e fica desconcertado quando é fotografado, por ele, bem na hora em que é ofendido.
Covarde é quem fala o que pensa somente na tribuna, blindado pela imunidade parlamentar, para defender os interesses de quem de fato manda nele.
Covarde é aquele que achincalha professor, médico, sindicalista, quem quer que seja, na mesma tribuna, valendo-se da mesma imunidade. Covarde é quem se gaba de seis mandatos, mas nunca retribuiu o povo como ele merece.
Covarde é quem usa de seu veículo como máquina de compra de voto, em clara campanha antecipada e bem na cara da Justiça Eleitoral. Covarde é quem se acha no direito de afrontar a memória de Leonardo Diniz, ex-prefeito e pai falecido de vereador de oposição.
Covarde é quem defende político de estimação e se esquece que há cidadãos, vizinhos a ele, implorando por saneamento básico, moradia ou um prato de feijão.
Covarde é quem fecha os olhos para as desigualdades da cidade em que vive por borrar as botas em nome dos interesses partidários. Covarde mesmo é aquele que avacalha, que foge do debate sadio, que apela para a agressividade contra quem não concorda com o que ele diz.
Covarde é o homem que deixa de ser homem para se transformar em um feroz e cego guardião. Covardia mesmo é não ter moral e hombridade de reconhecer que seu grupo político tem falhas e que, também por covardia, não faz nada para corrigi-las.
Covarde é quem não assume a falta de segurança na cidade governada por uma mulher e onde houve um estupro na porta de uma instituição de ensino. Vamos pedir piedade para o covarde. Que Deus lhe dê grandeza e um pouco de coragem para abrir os olhos e ver a vida como ela é, do lado de cá, livre da imunidade parlamentar.

Erivelton Braz é editor do A Notícia e fundador da Rotha Assessoria em Comunicação
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS