Desde 1984
Geral
05 de Março de 2021
Monlevade pode ter núcleo de extensão universitária
Heverton EliasAcomPMJM
Reunião ocorreu no auditório da Prefeitura com representantes de universidades

Reunião nesta semana com representantes de instituições de ensino superior em João Monlevade e região inicia debate para promover uma cooperação mútua entre o poder público e as universidades. Um dos assuntos tratados na reunião foi a formação de um núcleo de extensão universitária para desenvolvimento tecnológico, social e sustentável no município.
O prefeito Laércio Ribeiro (PT) informou que a administração dele pretende aproveitar o conhecimento produzido pelas universidades, com o intuito de beneficiar tanto o município quanto às instituições de ensino superior, 'o nosso intuito é fazer uma parceria duradoura que vá além do meu mandato”, afirmou. O vice-prefeito, Fabrício Lopes (Avante), também falou da parceria. “Queremos abrir esse canal de diálogo, para que toda a coletividade seja beneficiada”, declarou.
Participaram do encontro, a diretora da unidade da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) em João Monlevade, Júnia Soares Alexandrino; a vice-diretora da Uemg em Monlevade, Nilza Maria de Carvalho; o diretor do Instituto de Ciências Exatas Aplicadas (Icea) da Ufop em João Monlevade, Thiago Augusto de Oliveira Silva, acompanhado da vice, professora Lucineia Souza Maia e do professor Edgar Gregory Torres Saravia; o professor da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), unidade de Itabira, Gláucio Marcelino Marques e a diretora da Doctum, unidade de João Monlevade, Yolanda Carla Lima Coelho.
Eles afirmaram que as universidades têm muito a contribuir para o município. Estudos apontam que juntos, alunos, professores e técnicos administrativos da Uemg e Ufop injetam R$25 milhões na economia local. A Prefeitura pediu a apresentação de demandas de cada instituição e disse estar aberta a projetos universitários que beneficiem à cidade. Ficou acertada a criação de um Grupo de Trabalho, a apresentação de um seminário conjunto para exposição das potencialidades das universidades e as principais prioridades e demandas da Prefeitura que podem ser supridas pelo setor.