Desde 1984
Região
01 de Março de 2021
Por risco de soterramento, juiz ordena desocupação de casas em Santa Maria de Itabira

Onze residências foram esvaziadas neste domingo (28) por possibilidade de soterramento em Santa Maria de Itabira. A Coordenadoria Municipal da Defesa Civil (Compdec), em cumprimento ao mandado de desocupação expedido pelo juiz Wellington Reis Braz, está removendo os moradores de nove imóveis na rua Antônio Dias e de dois na rua Dona Neném. 
A justificativa é o alto risco de que as casas sejam enterradas pelas movimentações do solo, decorrentes das fortes chuvas do último dia 21 de fevereiro. Naquela madrugada, as águas do ribeirão Girau subiram e alagaram grande parte da cidade, incluindo o Hospital Padre Estevam. Seis pessoas, incluindo um menino, morreram em deslizamentos de terra.