Desde 1984
Geral
03 de Novembro de 2020
Coronavírus não é causa de morte investigada em Monlevade

Foi descartada nesta terça-feira (3) a suspeita de contaminação pela Covid-19 de uma paciente falecida no Hospital Margarida, em João Monlevade. A idosa, de 63 anos, morreu em 30 de outubro, e desde então o óbito era analisado por suspeita de que a mulher fosse a 15ª vítima fatal do coronavírus. Agora, restam duas mortes de moradores de João Monlevade sob investigação.

De acordo com o boletim epidemiológico de hoje da Prefeitura, João Monlevade confirmou as contaminações de dois homens e quatro mulheres, somando agora 1.548 casos. Do total, 14 pessoas morreram, 41 pacientes cumprem o isolamento domiciliar e 1.491 já se recuperaram. O Hospital Margarida abriga um paciente suspeito no Centro de Terapia Intensiva (CTI) e outro na enfermaria, mas nenhum confirmado.