Você está em Notícia / GERAL /
Geral
9 de fevereiro de 2018
João Monlevade não apresentou casos de febre amarela, diz Visa
Reprodução
Em entrevista ao jornal A Notícia na última segunda-feira (5), a coordenadora da Vigilância em Saúde (Visa) de João Monlevade, Lucimara Guerra, afirmou que o município não apresentou nenhum caso de febre amarela até o momento.
Lucimara também informou que a vacinação nos postos de saúde da cidade foi retomada normalmente na segunda-feira, depois de problemas com as vacinas, que foram perdidas com a falta de energia elétrica na semana passada, por cerca de nove horas. “A vacinação foi retomada na segunda-feira, as vacinas foram repostas e tudo voltou à normalidade”, disse.
A coordenadora da Visa também alertou para a importância de se tomar as vacinas, já que, nesse ano, a febre amarela surgiu de forma mais letal que nos anos anteriores. “A vacinação é importantíssima, tem que vacinar. O vírus está mais letal esse ano, já que, de acordo com levantamentos, 80% dos que contraem a doença vão a óbito, infelizmente”, afirmou.
Lucimara lembrou que o Ministério da Saúde recomenda que, quem já tomou a vacina, independente da época, não precisa tomar outra dose e está imunizado para o resto da vida.

Região

A região do Médio Piracicaba já contabilizou sete mortes em decorrência da febre amarela, sendo três na cidade de Barão de Cocais, duas na cidade de Santa Bárbara, uma em Alvinópolis e outra em Itabira.
Um homem de Rio Piracicaba teve o caso confirmado e está em tratamento no Hospital Margarida, em João Monlevade. Outros casos suspeitos foram levados para análise em Belo Horizonte. Macacos mortos foram encontrados em alguns municípios, inclusive, em João Monlevade, mas as causas das mortes não foram confirmadas.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS