Você está em Notícia / GERAL /
Geral
6 de outubro de 2017
Gratificações e novos comissionados são criticados
Arquivo JAN
Vereador Belmar Diniz (PT) usou a tribuna da Câmara para criticar novas gratificações dadas pelo governo municipal
O vereador Belmar Diniz (PT) usou a tribuna da Câmara para criticar novas gratificações dadas pelo governo municipal a seis servidores, além da contratação de cinco novos chefes para a administração. Segundo a relação apresentada pelo parlamentar, as contrações e bonificações foram efetuadas entre os meses de agosto e setembro deste ano. “A Prefeitura reclama de estar sem dinheiro, mas continua dando gratificação e contratando”, disse.
Entre os beneficiados, com aumento de 80% na remuneração, estão Antônio Cláudio Valentim, o “Xerife”, por apoio aos serviços de sinalização de trânsito. Gilvan Morais Santiago, coordenador de equipes de carpintaria e de manutenção das quadras e campos de futebol, recebeu aumento de 50%. Anderson Hermelindo da Silveira, coordenador da oficina mecânica e garagem Maria Elita Xavier Quaresma, por assessoramento e suporte para levantamento de dados para fundamentação das respostas aos questionamentos judiciais e extrajudiciais da Secretaria Municipal de Saúde Nádia Cota Guimarães, gestora das parcerias e cooperações a serem celebradas entre o município de João Monlevade e as Organizações da Sociedade Civil, também receberam bônus de 50% nos vencimentos. Já o médico regulador do SUSFACIL, Edson de Souza Canazart, recebeu duas gratificações de 23% cada. Uma em 31 de julho e outra em 1º de setembro.

Comissionados

A Prefeitura também contratou novos comissionados. São eles: Sirlene Aparecida de Freitas Braga, para o cargo de Chefe de Serviços de Controle de Fundo de Saúde Cyntia Maria dos Santos, Shania Natália Gomes de Oliveira, Anathielly Ohana Henriques e Vanda Santos Oliveira Silva foram efetivadas para os cargos de Chefe de Serviços S 13. Procurada, a Prefeitura afirmou que as gratificações são devidas, morais e legalmente concedidas aos servidores em questão, os quais executam tarefas que vão além da competência que lhes foram, “a priori”, atribuídas.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS