Você está em Notícia / GERAL /
Geral
6 de outubro de 2017
FALA VEREADOR: “A política em Monlevade, infelizmente, é feita por interesses pessoais”
Erivelton Braz
Toninho é antigo líder comunitário no bairro de Lourdes
Toninho Eletricista

O entrevistado da semana é o vereador Antônio Paula Magalhães, o Toninho Eletricista (PHS). Ele é o sexto participante da série Fala Vereador, espaço para que todos os parlamentares da cidade possam expressar suas opiniões, falar sobre o mandato ou apresentar sua visão acerca da cidade. Os primeiros a falar foram os membros da Mesa Diretora. Os demais parlamentares estão sendo ouvidos em ordem alfabética. Na próxima semana, não perca a conversa com Belmar Diniz (PT).

As opiniões de Toninho Eletricista são quase sempre firmes e, muitas vezes, levantam polêmica. Isso, devido à sua franqueza e ao modo de encarar a política. O parlamentar está em seu terceiro mandato como vereador (1993-1996/ 2001-2004/ 2017-2020) e garante que Monlevade está 20 anos atrasada, em virtude da politicagem. “Infelizmente, a política aqui é feita de interesses pessoais. O ideal é que tivesse mais harmonia, mais conjunto, todos pensando a cidade. Mas não é isso que acontece. Veja aqui na Câmara: Perde-se muito tempo discutindo partidarismo enquanto Monle-vade fica esquecida”, critica.
Esse atraso, segundo ele, também ocorre porque faltam ações que possam alavancar o desenvolvimento. Entre essas, ele cita a ausência de um o Distrito Industrial atuante para gerar mais emprego e renda, a falta de Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), de um centro cultural para o lazer e a falta de um Parque de Exposições adequado. “Aquilo (Areão) não é um parque decente. O monlevadense merece um local melhor para festas e eventos”, diz.
Sobre sua atuação, Toni-nho diz agir de forma aberta, sempre perto da comunidade, conhecendo os dramas, não medindo esforços para atender bem à população e trabalhando a favor do município. “A minha bandeira sempre foi e sempre será João Monlevade. Fui eleito por partido de oposição à prefeita Simone, mas já disse a ela que jamais vou votar contra algo que seja bom para a população. Na Câmara, não voto por interesses. Defendo o certo e critico o errado”, afirma.
Neste ano, ele foi autor, em parceria com o colega Vanderlei Miranda (PR), de Projeto de Lei que institui o dia 14 de maio como o Dia de João Monlevade, em alusão aos 200 anos da chegada de Jean Antoine Félix Dissandes de Monlevade ao Brasil. Segundo o parlamentar, a referência à data foi fundamental para o resgate do desfile de 7 de setembro neste ano, que o encheu de orgulho.
Ao longo de sua vida política, Toninho relembra que conseguiu ajudar diversas entidades através de Projeto de Lei que direciona parte de recursos da publicidade nos ônibus da Enscon para elas. Hoje, ele é conhecido como liderança comunitária e defende melhorias para várias instituições, como o Congado, grupos religiosos e o Hospital Margarida que, segundo ele, “só está funcionando até hoje por milagre de Deus”.
Para o futuro, o vereador diz que tem interesse em disputar a presidência do Legislativo no ano que vem. Porém, segundo ele, o momento é de trabalhar muito para valer a confiança que recebeu dos eleitores. “Ser presidente depende de Deus e eu confio Nele”, disse.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS