Você está em Notícia / VARIEDADES /
Variedades
25 de setembro de 2015
Longevidade através das letras
A fé religiosa, a poesia, a música e a literatura como fontes de vitalidade, aliadas a um amor incondicional à vida e ao seu maior tesouro: a sua família. Esses são os pilares na vida do aposentado Antônio Pedro Guimarães, que no auge dos seus 92 anos esbanja energia, vivacidade e boas histórias para contar e escrever.
Nascido em junho de 1923 na fazenda do Córrego Grande, no ainda distrito de Dionísio, então pertencente ao município de São Domingos do Prata, Antônio, também conhecido como “Totó Guimarães”, começou na zona rural sua rica história de vida, sempre marcada pela fé, pelo trabalho voluntário e amor à vida em meio à natureza.
Casado com Maria Dias Araújo desde 1947, Totó teve 12 filhos e é na numerosa família que o ex-escrivão e sitiante encontra inspiração para escrever poesias, crônicas, textos diversos, canções e registrar, de forma muito organizada em um caderno, espécie de memorial descritivo, os momentos mais importantes de sua trajetória e de sua família. Um caminho permeado pelo amor às letras.
Sempre rodeado pela família e muito comunicativo, Totó Guimarães não dispensa um bom bate papo e aponta a comunicação como um dos fatores para sua longevidade. “Onde chego gosto de conversar com as pessoas. Me comunicar. Contar casos. Isso é o bom da vida, fazer amigos”, afirma.

Obra

O carinho e a dedicação à família são duas características marcantes de Antônio Guimarães, a ponto de ter o cuidado de reunir, organizar, encadernar e distribuir aos filhos boa parte de sua obra literária, que um dia pode se transformar em livro.
No material, estão reunidas poesias, canções, textos e preces de sua autoria, além do registro de datas importantes, biografias e fotos.
Segundo a filha Rosalina Vieira Guimarães, Antônio tem extremo carinho com o material e faz questão de compartilhar com os filhos sua obra. “Ele reuniu tudo com muito carinho e distribuiu a todos. Quem sabe um dia não se transforme em um livro? Escrever é um de seus prazeres e é um dos motivos que o faz ter tanta vitalidade. Ele é um exemplo para todos nós”, destaca com orgulho a filha.

Voluntário

Além do trabalho, da dedicação à família e aos escritos, Totó Guimarães também prestou importantes trabalhos voluntários em seu quase um século de vida. Ele fundou e participou ativamente de associações comunitárias e entidades filantrópicas, como a Associação Comunitária de Córrego Grande, Sindicato Rural de Dionísio, Associação Beneficente Comunitária dos Pintos, Sindicato Rural de São Domingos do Prata, Legião Brasileira de Assistência, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e muitos outros. “Sempre sonhei com uma sociedade fraterna, onde se vive em comunidade. Sempre optei por essa luta e, sendo assim, participei ativamente dessas entidades, com muito prazer”, salienta.

“Eram quatro carros de boi
Oito rodas chapeadas
Cinco juntas de boi amarelo
Chifradeira argolada...

... A noite na fazenda
Com a luz da lamparina
Na cozinha o lombo assado
No pote água da mina...”

Trecho de obra de Antônio Guimarães
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS