Você está em Notícia / VARIEDADES /
Variedades
20 de dezembro de 2014
De pai para filha: Tradição aberta para as novas gerações
“Se você acha que boteco não é lugar para mulher, é sinal que você não conhece uma coisa, nem outra”. Assim, Waléria Bicalho brinca com o fato de ter assumido o comando do bar e restaurante Pé de Porco em maio deste ano. O pai, Manoel Bicalho, deixou para ela o legado e a responsabilidade de levar adiante um dos mais tradicionais redutos da boemia monlevadense.

Com quarenta anos, o bar e restaurante Pé de Porco foi fundado pelo pai e pelo tio dela, Eustáquio Bicalho e se consolidou como um dos espaços mais conhecidos da cidade. Tanto pelo clima de descontração, quanto pelas boas histórias contadas e vividas no balcão.

Agora, ao lado do noivo, Kalipso Castro, Waléria Bicalho pretende unir ao empreendimento tradição e modernidade. A proposta é garantir o bom atendimento de sempre – mantendo a cerveja gelada, a qualidade da cachaça da casa, além dos petiscos, principais marcas do local, aliados a uma decoração moderna, novo mobiliário e abertura para realização de eventos no local.

O desafio que Waléria tem pela frente é continuar cativando os clientes de sempre, além de também atrair um público jovem para a casa. “Assumi o Pé de Porco com o compromisso de não perder a tradição, mas também, pensando em atrair novos clientes”, declara Waléria. A proposta tem dado certo. Segundo ela, os velhos frequentadores não abandonaram o bar e muita gente nova tem ido experimentar os clássicos petiscos da culinária de boteco.

Ela conta que, quando o pai decidiu aposentar-se, muitas pessoas ofereceram arrendamento do local e até propuseram a compra do bar. Ela foi contra. “Fiquei com medo de perder a identidade. Imagina se abrem aqui uma pizzaria? Iria acabar com a nossa tradição botequeira. Por isso, decidi assumir o bar e continuar com a nossa tradição de família”, diz.

Formada em Engenharia Civil e funcionária concursada da Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo, Waléria Bicalho afirma que sua ida para a frente do bar e restaurante não foi premeditada. “Do contrário, eu não teria estudado Engenharia”, diz. No entanto, ela garante que consegue conciliar as atividades e que dá conta do recado. Até porque, os pais, Manoel e Rosália Bicalho, além da irmã, Daniela Bicalho, dão todo o suporte necessário.

Dona da cozinha do bar e restaurante desde 1981, Rosália brinca que tem ciúmes das panelas. Mesmo assim, ensina a filha os segredos dos temperos para os petiscos que cativam os clientes há tanto tempo. “Continuo exigindo a limpeza e a qualidade dos pratos”, diz. Manoel também joga junto e acredita no trabalho e na competência da filha. “Ela é responsável, tem talento e aprendeu tudo o que precisa para continuar levando nosso comércio adiante”, garante.

Novidades



Além dos novos móveis, da reforma do balcão e de novos elementos da decoração, o Pé de Porco também inovou, recentemente, ao oferecer nos almoços de segunda a sexta a opção self-service sem balança. A ideia, segundo Waléria, é fazer com que a pessoa se sinta em casa. Além disso, nos fins de semana, continuam as opções a la carte, com novas opções de pratos. O bar também oferece espaço para confraternização, aniversários e eventos, com buffet completo.
LEIA TAMBÉM
 
Publicidade
31 3851-1791
Av. Rodrigues Alves, nº 78, República
João Monlevade/MG
NOTÍCIAS
OPINIÃO
OPINIÃO
SOCIAIS